Search:

Como controlar seus investimentos em imóveis

Categoria: Rentabilidade

Você sabe exatamente o quanto está ganhando com seus imóveis?

É de extrema importância controlar seus investimentos em imóveis da mesma forma e com a mesma eficiência que um gestor de um fundo imobiliário (FII) faz.

Uma opção para ajudar você neste controle, é contar com um consolidador de investimentos, na qual você roda a cota diária da sua carteira imobiliária como se fosse um fundo.

Uma plataforma te ajuda a ter sua carteira em um único lugar, de forma fácil e organizada. Ao cadastrar seus imóveis, você poderá classificá-los em diversas categorias - apartamento, casa, terreno, conjunto comercial, galpão, laje corporativa, etc. Assim, será possível controlar todos os eventos de cada imóvel e analisar diversas informações como: o fluxo de aluguéis, a vacância, os custos de manutenção, as despesas, etc.  

Acompanhe a rentabilidade dos imóveis

Em nossa plataforma de consolidação, por exemplo, o patrimônio total - que é a somatória dos valores de todos os imóveis, é relacionado à cota com o valor igual a R$ 1 para dar início ao acompanhamento da sua evolução. 

A partir daí, você vai monitorar automaticamente a rentabilidade do seu patrimônio imobiliário. Se o metro quadrado de alguns dos seus imóveis valorizarem ou se imóveis vagos forem alugados e você receber renda, seu patrimônio aumentará e as cotas consequentemente se valorizarão. 

Caso contrário, em uma situação em que algum imóvel gere despesa, as cotas se desvalorizarão. 

Extratos completos da carteira de imóveis também podem facilitar seu acompanhamento:

  • Valorização de Mercado: a valorização dos preços de cada imóvel a cada mês, no ano e do total da carteira nestes mesmos períodos (com base no critério de cálculo estabelecido pelo usuário); 
  • Rentabilidade de Locação: a relação entre a renda de locação e o valor de mercado de cada imóvel no mês e no ano; 
  • Rentabilidade Consolidada da Carteira Imobiliária: leva em conta a valorização de mercado (conforme o critério que foi estabelecido), a rentabilidade de locação e as despesas de cada um dos imóveis;
  • Vencimento de contratos de locação: gráfico exibindo os próximos contratos a vencer;
  • Vacância: dados da vacância física, que mensura o espaço (em m²) não locado, e vacância financeira, renda potencial em reais que não entra em caixa nos casos de imóveis que permanecem vagos, sem alugar.

Também é importante avaliar se sua estratégia está seguindo de forma positiva, ao fazer comparações com diversos indexadores de mercado como IPCA, IGPM ou CDI e também fazer comparações com os desempenhos de fundos imobiliários que tenham perfis semelhantes ao da sua carteira de imóveis ou com outros tipos de investimentos.

Portanto, acompanhar os investimentos imobiliários com cálculos da rentabilidade precisos e indicadores aumenta o poder de análise do seu patrimônio e torna as decisões de investimentos mais assertivas.

 

Guilherme Americano Vidigal

Novos Negócios

Conheça mais sobre nossa plataforma

Simule e salve suas carteiras de investimento para ter maior controle sobre eles.

Fale conosco