Henrique Garcia
por Henrique Garcia em 06 Outubro 2020

Recuperação em V? Que tipo de FII tem melhor desempenho?

De forma geral, os fundos imobiliários (FIIs) sofreram com efeitos da pandemia do coronavírus e as medidas de isolamento social e restrição do fluxo de pessoas nas ruas. No mês de março,  tiveram o seu pior momento, quando o Ifix, índice de FIIs negociados na Bolsa, caiu 15,85%. 

Mas à medida que as atividades de comércio e serviços foram retomando, o indicador de desempenho do segmento também passou para uma trajetória de recuperação. 

Como um exercício e para analisar esse movimento, simulamos no Advisor, consolidador de investimentos, quatro carteiras de fundos imobiliários de categorias diferentes – lajes corporativas, shopping centers, galpões logísticos e recebíveis imobiliários.  Para isso, usamos alguns FIIs mais procurados pelos investidores no ano, segundo o nosso Big Data. No pregão de 02/01/2020, simulamos a compra de R$ 5 mil em cotas de cada fundo. Essa não é uma recomendação de investimentos. 


Resultado da carteira de lajes corporativas no acumulado de 2020 até 29/09:

Carteira – FIIs de lajes corporativas

Investimento em 02/01/2020

BRCR11 - BTG Pactual Corp. Office Fund

R$ 5.000,00

HGRE11 - CSHG Real Estate

R$ 5.000,00

PATC11 - Pátria Edifícios Corporativos

R$ 5.000,00

 

No acumulado do ano, esse portfólio de FIIs de lajes corporativas teve uma queda de 32,38%.

No entanto, está em recuperação desde o seu pior momento. Em 18 de março, a carteira chegou a acumular desvalorização de 41,33%.

Veja no gráfico:

FIIs Lajes Corporativas Acumulado 2020

Agora, o que aconteceu com a carteira com FIIs de shopping centers:

Carteira – FIIs de shopping center

Investimento em 02/01/2020

MALL11 – Malls Brasil Plural

R$ 5.000,00

VISC11 – Vinci Shopping Centers

R$ 5.000,00

HGBS11 – Hedge Brasil Shopping

R$ 5.000,00

 

No ano até o dia 29 de setembro, esse portfólio caiu 26,20%. Porém, isso significa uma retomada em relação ao auge da crise, pois em 18 de março, essa carteira de FIIs de shoppings teve uma queda acumulada de 48,12%.

 Observe no gráfico do Advisor:

carteira com FIIs de shopping centers

Quanto à carteira de fundos imobiliários de galpões logísticos, o desempenho foi o seguinte:

Carteira – FIIs de galpões logísticos

Investimento em 02/01/2020

XPLG11 – XP Logística

R$ 5.000,00

HGLG11 – CSHG Logística

R$ 5.000,00

SDIL11 – SDI Rio Bravo Renda Logística

R$ 5.000,00

 

Nesse segmento de galpões logísticos, a queda acumulada foi de 20,11%, menos acentuada que os anteriores, mas significativa.

A sua pior fase foi em 18 de março, quando acumulava uma desvalorização de 46,43%.

Acompanhe no gráfico:

FIIs Galpões Logísticos Acumulado 2020

 

Agora, o comportamento de uma carteira de FIIs de fundos de recebíveis imobiliários– CRIs, LCIs, LHs e LIGs (com preponderância em CRIs):

Carteira – FIIs de recebíveis imobiliários

Investimento em 02/01/2020

VRTA11 – Fator Verita

R$ 5.000,00

VGIR11 - Valora RE III

R$ 5.000,00

UBSR11 – UBS (Br) Rec. Imob.

R$ 5.000,00

 

Essa carteira também recuou no ano até 29 de setembro (-19,64), sendo que na sua pior fase, em 23 de março, chegou a apresentar uma queda acumulada de 35,04%. Houve uma evolução desde o período crítico, apesar de continuar no negativo.

 

Veja abaixo:

FIIs Recebíveis Imobiliários Acumulado 2020

Então, segundo as nossas simulações, a carteira de fundos de shoppings foi a mais impactada no começo da pandemia, em março, e o portfólio de recebíveis imobiliários, menos. 

E no acumulado do ano, a carteira de FIIs de recebíveis e a de galpões logísticos tiveram menores desvalorizações, respectivamente de 19,64% e 20,11%. Interessante notar também que na área logística a recuperação teve ritmo mais acelerado após a queda acentuada registrada em março. 

Como pudemos ver, as carteiras simuladas de FIIs tiveram comportamentos diferentes, apesar de todas as categorias estarem se recuperando gradualmente após a fase crítica da crise da Covid-19.

 Esse tipo de análise é importante para mostrar que cada tipo de fundo e cada composição de ativos têm dinâmicas diferentes.

Podemos destacar também que não tomar decisões precipitadas e evitar a saída dos investimentos nos piores momentos pode evitar prejuízos uma vez que estes investimentos devem ser analisados em períodos mais longos de tempo. 

 

Monitore seus investimentos gratuitamente no Advisor Basic, analise sua estratégia com base em informações precisas e gere mais riqueza para o seu patrimônio. Já para profissionais que querem assessorar múltiplas carteiras, conheçam o Advisor PRO.

Advisor SmartBrain consolidador de investimentos

Postado por Henrique Garcia Outubro 6, 2020
Henrique Garcia