Search:

Como calcular a rentabilidade real do seu investimento?

Categoria: Rentabilidade

O que faz o patrimônio crescer é o ganho real - a remuneração do investimento que supera a inflação.

Quanto maior a rentabilidade real de uma aplicação, melhor para o investidor, porque significa que ele preservou seu poder de compra diante da alta de preços na economia ao longo do tempo, e ainda ganhou um excedente.

Analisar os investimentos somente pelas taxas nominais ou aparentes, sem levar em consideração os efeitos da inflação, pode ser pouco eficiente.

Como fazer esse cálculo corretamente?

Imagine o seguinte cenário: Um investimento rendeu 90% da taxa DI no ano de 2015. Quanto foi a sua rentabilidade real?

A rentabilidade nominal do investimento no período foi 11,83%, calculada com base na taxa diária do DI e o percentual negociado.

Neste mesmo período, a inflação medida pelo IPCA acumulou variação de 10,67%. Logo:

Rentab. Real = [ (1 + Rentabilidade Nominal / 100) / (1 + Variação do IPCA / 100) -1*100] 

Rentab. Real = [ (1 + 11,83/100) / (1 + 10,67/100) -1]*100 = 1,04%

Ou seja, descontada a inflação, a rentabilidade real foi 1,04%.

Em outras palavras, se investidor tivesse aplicado em um título com rentabilidade de IPCA+1,04% neste mesmo período, teria o mesmo resultado.

Negociar somente um percentual do CDI em uma aplicação de renda fixa não é necessariamente sinônimo de um bom investimento. Veja no exemplo abaixo o que aconteceu com o juros reais nos anos de 2015 a 2017 e note que o mesmo investimento gerou rentabilidade real 5 vezes maior em 2016 e 2017 em relação a 2015:

Como a rentabilidade real só é conhecida posteriormente ao período do investimento, para tomarem decisões sobre suas aplicações, os investidores devem considerar as projeções para taxa Selic e inflação, e acompanhar de perto os desdobramentos do cenário político-econômico e as opções existentes no mercado.

Procurar assessoria de especialistas pode ser de extrema ajuda no momento de definir quais as melhores opções para investir. Gestores, bankers, agentes autônomos e consultores de investimentos realizam esse trabalho e contam com estruturas apropriadas para fazer estas análises e previsões.

Marta Isabel Genovese de Oliveira

Business Intelligence

Conheça mais sobre nossa plataforma

Simule e salve suas carteiras de investimento para ter maior controle sobre eles.

Fale conosco