Search:

Tecnologia transforma Suitability em vantagem competitiva

Categoria: Profissional

No último post, mostramos que o suitability ou avaliação dos perfis dos investidores, deve ir além do cumprimento de exigência legal, pois trata-se de uma poderosa ferramenta de inteligência. Logo, esse teste depende de metodologias que assegurem a real compreensão das características clientes - cada pessoa suporta determinada dose de risco e tem objetivos específicos de curto, médio e longo prazos.

A formatação do teste de suitability é complexa porque além da seleção criteriosa das questões, é fundamental estabelecer os pesos adequados para as respostas que serão fornecidas pelos investidores. Para isso, deve-se utilizar de um sistema de scoring, atribuindo pontuações ou notas às informações coletadas. Ou seja, os agentes precisam adotar um modelo estatístico para que as análises sejam consistentes.

Há ainda rotinas burocráticas e uma logística complicada envolvendo o processo de suitability. Os assessores têm que encaminhar os questionários a todos os clientes, tem que assessorar o preenchimento, controlar a assinatura, mandar buscar o documento, analisar, arquivar o que torna o processo lento, desgastante e muito demorado.

Ao fazer todas essas atividades operacionais de forma manual, além do tempo gasto, são elevadas as despesas envolvidas no processo, como os custos de impressos, logística e transporte e guarda legal dos documentos. Veja no esquema abaixo:

 suitability.png


Foi pensando em resolver este problema que a SmartBrain desenvolveu um sistema on-line que auxilia os agentes de investimentos na estruturação do suitability. É possível desenvolver um questionário, fazer o scoring, inserir dados, classificar as questões de forma ágil e eficiente.

Além disso, todo o fluxo de serviço é automatizado. Os investidores respondem e assinam os questionários eletronicamente. Em apenas um dia, os documentos são validados!

Desta forma, os assessores podem ainda parar de perder tempo com as tarefas burocráticas e ganhar qualidade no processo de avaliação do perfil de seus clientes, ampliando a análise para além dos três perfis básicos – conservador, moderado ou agressivo. Com o uso do sistema, é possível elaborar perfis mais detalhados, aprofundar as subcategorias e ter informações mais precisas para sugerir alocações realmente compatíveis com as necessidades dos clientes.

O módulo de Suitability da plataforma do SmartAdvisor também facilita as reavaliações periódicas dos perfis, que podem ser feitas a qualquer momento, visto que os projetos e o grau de tolerância ao risco das pessoas se alteram ao longo do tempo.

Agora, com o uso deste sistema, assessores e consultores de investimentos têm uma ferramenta direcionada para aumentar ainda mais a eficiência neste processo, sua produtividade e a qualidade de atendimento.

Gostou das informações? Continue acompanhando o blog da SmartBrain e conheça mais funcionalidades da nossa ferramenta.

Ana Carolina Zogno Silva

COO

Conheça mais sobre nossa plataforma

Simule e salve suas carteiras de investimento para ter maior controle sobre eles.

Fale conosco