Search:

Volatilidade na Bolsa? Faça o stress test!

Você tem medo da volatilidade da bolsa? Quer analisar melhor os riscos? Então você precisa saber o que é o stress test.

Esta é uma das métricas de controle de risco usada pelos fundos de investimento. Inclusive, a instrução no. 409 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que dispõe sobre o funcionamento dos fundos, determina que os gestores façam stress tests e divulguem periodicamente aos investidores. 

O stress test é uma simulação para avaliar a vulnerabilidade de uma carteira de investimentos em eventos extremos ou crises. Assim, é feito o cálculo do valor do portfólio atual considerando os piores cenários de perdas em uma base histórica de “X” anos. Por exemplo, qual é a variação que a alocação em ativos vigente teria em situações conturbadas como o Efeito Joesley, em 2017, ou a crise do Subprime, em 2008, ou em qualquer circunstância que já tenha impactado negativamente o fundo. 

Esse monitoramento de risco é feito diariamente nos fundos de investimento. Desse modo, quando a volatilidade se intensifica, representando um indício de que haverá uma forte deterioração do mercado ou uma crise, os gestores já ficam em alerta e tomam as decisões necessárias para evitar maiores perdas em períodos conturbados, fazendo alterações nas estratégias das carteiras. 

Simulador de investimentos

Investidores podem fazer este mesmo tipo de análise que os gestores de fundos em uma carteira de ações, por exemplo. Para isso, basta usar um simulador de investimentos e o ideal é contar também com o suporte de um assessor de investimentos especializado no mercado acionário. 

O stress test pode ser feito em uma carteira de ações que você já tenha ou em um portfólio que deseje investir. 

É só montar a carteira de ações no simulador e ver como ela teria oscilado e quanto teria apresentado de rentabilidade retroagindo em alguns episódios de turbulência no mercado ou em eventos específicos que afetaram determinados setores da economia. 

Com um simulador completo, esse acompanhamento pode ser feito diariamente, de forma automática.

Logicamente, os investimentos em ações exigem análises profundas das companhias como temos destacado em diversos posts, mas certamente um simulador gera informações complementares que irão te ajudar a traçar ou redefinir estratégias de investimentos, avaliar melhor as proporções e valores aportados em cada ação e, ainda, a controlar o risco. 

Vamos imaginar uma carteira de um investidor montada com aportes iguais de R$ 2 mil em Petrobras (PETR4), Vale (VALE3) e Bradesco (BBDC4) em 02/01/2017:

simulador_stresstest

 

Por exemplo, é possível ver o comportamento do portfólio e dos ativos em períodos de turbulência:

Em 17 de maio de 2017, um dia antes do Joesley Day, a carteira acumulava uma alta de 12,33%, um ganho financeiro de R$ 739,80, chegando a um total de R$ 6.739,80:

carteira_17_05_pré_Joesley

No Joesley Day, em 18 de maio de 2017, quando o Ibovespa recuou 8,8%, o retorno acumulado do portfólio baixou para 1,50% e a carteira chegou a R$ 6.090,00.

                        joesley-1

Com o mercado ainda sentindo o reflexo daquela crise, o pior desempenho da carteira foi em 20/06, uma queda de 4,06% e o valor financeiro baixou para R$ 5.756,40: 

                                  Pós Joesley_pior queda_20_05

No stress test, outro período analisado foi a greve dos caminhoneiros de 2018. Um dia antes da deflagração da greve, a rentabilidade acumulada desde o início da carteira era de 61,15% atingindo R$ 9.669,00: 

antes da greve

Porém, no ápice da crise em 28 de maio, quando houve menor queda da Bolsa no ano, de 4,48%, o desempenho acumulado recuou para 52,12%:

caminhoneiros-1

Considerando este evento, ou seja, os desdobramentos da greve e os impactos na economia e nas empresas, o pior desempenho do portfólio se deu em 18/06/2018, caindo para um total de R$ 8.266:

            18_06 reflexo greve

Assim, neste exemplo, o investidor pôde ver em dois períodos de forte stress, o que teria acontecido com o portfólio dele. 

 

Cassio Bariani CFP®

Presidente

Conheça mais sobre nossa plataforma

Simule e salve suas carteiras de investimento para ter maior controle sobre eles.

Fale conosco