Henrique Garcia
por Henrique Garcia em 16 Abril 2021

Investidores decidiram em não mudar estratégias das carteiras em março

De forma geral, os investidores mantiveram suas estratégias em março. Conforme o nosso estudo Big Data Smartbrain, a composição média das carteiras prosseguiu na mesma linha do mês anterior

Os fundos multimercados continuaram com a maior participação, apresentando com um leve aumento, de 44,86%  em fevereiro para 45,16% em março.

A parcela de renda fixa – fundos dessa classe e títulos públicos e privados, passou para 30,99% em março, também praticamente a mesma do mês anterior. 

Por sua vez, a fatia de ações e fundos de ações que tinha diminuído de janeiro para fevereiro seguiu quase no mesmo patamar em março, ocupando 13,53% das carteiras, em média.

 

O cenário do mercado

Em março, o Ibovespa teve alta de 6%, ainda assim, essa performance positiva não foi capaz de zerar as perdas no ano. O primeiro trimestre de 2021 fechou com uma baixa de 2%. 

Apesar da alta da Selic de 0,75 ponto percentual para 2,75% ao ano, promovida pelo Comitê de Política Monetária (Copom do Banco Central) no mês passado, e do início de um ciclo de elevação, as analistas, economistas e agentes de mercado avaliam que esse movimento não será tão forte a ponto de tirar a atratividade da Bolsa. 

Na B3, diversas empresas estão apresentando desempenhos positivos mesmo na crise, principalmente negócios de tecnologia, marketplaces e produtoras de commodities. 

O ritmo de vacinação contra a Covid-19 segue lento, mas apesar de todos os desafios, existem indicativos de que já no segundo semestre haverá uma parcela significativa da população imunizada, o que contribuirá para uma melhoria na economia. 

No mês passado, se intensificaram as preocupações com a situação fiscal do país a partir da aprovação do Orçamento de 2021 no Congresso com o valor inflado por uma série de emendas parlamentares. Um assunto que precisa ser resolvido pelo Ministério da Economia e pelo presidente. 

No cenário externo, foram aprovados diversos pacotes de estímulos nos Estados Unidos – tanto para lidar diretamente com os impactos da Covid quanto investimentos em infraestrutura nos próximos anos - que devem fazer com que a maior economia do mundo reaqueça de forma consistente. Em março, o setor industrial da China voltou a crescer, em um sinal de que as medidas de estímulo do governo estão ganhando tração. 

Em março, o dólar fechou como uma alta de 0,41% cotado a R$ 5,7613. No ano, o avanço é de 8,49%. 

Já o Ifix – Índice de Fundos Imobiliários, teve queda de 1,38% no mês passado, acumulando uma desvalorização de 0,81% no ano. 

 

Composição média dos portfólios

Carteira média em março/2021

Carteira média em março/2021 - Big Data Smartbrain

Carteira média em fevereiro/2021

Carteira média em março/2021 - Big Data Smartbrain

Como você pôde ver, as alterações foram sensíveis e os investidores seguiram firmes em suas estratégias em março. Vale lembrar que de janeiro para fevereiro, eles tinham reduzido a parcela de renda variável

 

Continue acompanhando nossos estudos do Big Data e fique por dentro das tendências de mercado!

Postado por Henrique Garcia Abril 16, 2021
Henrique Garcia