Henrique Garcia
por Henrique Garcia em 21 Outubro 2020

O mercado financeiro foi bastante volátil no mês de setembro. O Ibovespa caiu 4,80% aos 94.603 pontos, acumulando uma desvalorização de 18,20% no ano. Por aqui, o dólar subiu 2,46% ante o real, cotado a R$5,61. E até títulos do Tesouro tiveram variações negativas, no mês passado. No exterior a situação também foi desafiadora as bolsas americanas também tiveram quedas.

Henrique Garcia
por Henrique Garcia
em 20 Outubro 2020

De forma geral, a pandemia do covid-19 impactou o setor imobiliário devido às medidas de isolamento social, restrições à circulação de pessoas e às atividades de comércio e serviços. 

Cassio Bariani CFP®
por Cassio Bariani CFP®
em 15 Outubro 2020

O Big Data SmartBrain mostra as ações e dos fundos de ações “queridinhos” dos investidores em setembro. 

Henrique Garcia
por Henrique Garcia
em 24 Setembro 2020

Entre todos os tipos de fundos, os multimercados têm apresentado maior atratividade este ano e representam, na média, 45% da carteira dos investidores, segundo o nosso estudo Big Data base de agosto. 

Henrique Garcia
por Henrique Garcia
em 22 Setembro 2020

Atualmente, vemos uma grande busca por alternativas para diversificação das carteiras e, assim, foi batida a marca histórica de um milhão de pessoas que investem em fundos imobiliários no Brasil, segundo dados da B3. Houve um crescimento acelerado de cerca de 57% no número de investidores este ano até agora. 

Cassio Bariani CFP®
por Cassio Bariani CFP®
em 17 Setembro 2020

Em agosto, o Ibovespa teve uma perda de 3,44%. Foi a primeira queda mensal do índice desde março, interrompendo a sequência de recuperação após o estopim da crise do coronavírus. No acumulado do ano até agosto, o principal índice da Bolsa desvalorizou 14,07%.

Henrique Garcia
por Henrique Garcia
em 25 Agosto 2020

No país, os fundos multimercado tiveram captação líquida de R$ 23,4 bilhões em julho, a maior entrada mensal e acima dos demais tipos de fundos, segundo a Anbima. Os multimercados das subcategorias livre e de investimentos no exterior foram os que receberam mais recursos. 

Henrique Garcia
por Henrique Garcia
em 20 Agosto 2020

No mês passado o Ifix – Índice de Fundos Imobiliários com cotas negociadas na B3, teve uma queda de 2,61%, após ter três meses seguidos de altas. A desvalorização no ano chegou a 14,53%.

Cassio Bariani CFP®
por Cassio Bariani CFP®
em 18 Agosto 2020

Em julho, o Ibovespa subiu 8,27% aos 102.912 pontos, o quarto mês consecutivo de alta. Porém, no ano, a Bolsa acumulava uma queda de 11%.

O Ibovespa avançou no mês passado ainda por conta das reaberturas graduais das principais economias do mundo e por estímulos fiscais de governos e injeções de liquidez dos bancos centrais. As pesquisas e os testes de vacinas contra o coronavírus também pesaram positivamente.

Henrique Garcia
por Henrique Garcia
em 21 Julho 2020

De modo geral, fundos imobiliários têm sofrido com a crise da Covid-19, porém o segmento começa a ensaiar uma melhoria tímida, a partir da retomada gradual das atividades do comércio e serviços. Em junho, o Ifix, índice de FIIs negociados na Bolsa, teve alta de 5,59%, apesar de ainda acumular uma queda de 12,24% no ano. 

Cassio Bariani CFP®
por Cassio Bariani CFP®
em 16 Julho 2020

O nosso estudo Big Data, cruzamento de dados da nossa plataforma de consolidação de investimentos, revela o ranking das 10 ações e dos 10 fundos de ações preferidos em junho.

Henrique Garcia
por Henrique Garcia
em 23 Junho 2020

 

De maneira geral, os fundos imobiliários têm sentido os impactos negativos do coronavírus e a tendência é seguir assim – pelo menos no curto prazo. 

Cassio Bariani CFP®
por Cassio Bariani CFP®
em 16 Junho 2020

Com base nos dados da nossa plataforma de consolidação de investimentos, identificamos o ranking das 10 ações e dos 10 fundos de ações mais investidos em maio. 

Henrique Garcia
por Henrique Garcia
em 02 Junho 2020

O coronavírus tem causado impactos negativos na saúde e na economia real. O estopim da crise foi no dia 26 de fevereiro, com a confirmação do primeiro caso de Covid-19 no país. Diante das incertezas, a volatilidade no mercado financeiro se intensificou e os preços da maioria dos ativos caíram.