Renda Fixa

smartBonds: conheça as vantagens desta calculadora online de títulos de renda fixa

O smartBonds calcula e precifica tanto os títulos do Tesouro quanto os títulos de crédito mais complexos como os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs), Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs) e debêntures.


Como destacamos em um post recente, a SmartBrain é uma fintech que atua de forma independente, gerando informações sobre investimentos completas e variadas. A empresa não vende nem recomenda produtos financeiros, mas sim, soluções para investidores e profissionais do setor. Entre elas, está o sistema smartBonds, uma calculadora online de títulos de renda fixa.

O smartBonds calcula e precifica tanto os títulos do Tesouro quanto os títulos de crédito mais complexos como os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs), Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs) e debêntures.

Todos os cálculos dos preços são executados conforme as regras de valorização descritas nos documentos de emissão dos títulos e também com base no preço de compra dos papéis no mercado secundário, isto é, fora das datas de emissão.

Da complexidade ao cálculo automático

A SmartBrain conta com um departamento formado por profissionais que têm experiência no mercado financeiro e são altamente qualificados em cálculos e no gerenciamento de banco de dados.

Esta equipe de especialistas analisa, no caso de CRIs e CRAs, os termos de securitização, e das debêntures, as escrituras de emissão, que são os documentos oficiais onde constam todas as cláusulas que regem a operação desses ativos. Não há uma fórmula padrão no mercado, pois cada título de crédito privado possui características específicas. Há papéis que pagam a variação dos índices de preços como IPCA ou IGPM mais uma taxa. Outros remuneram um percentual do CDI ou CDI mais um spread. Alguns termos são calculados com base em indexadores defasados, por exemplo, utilizam o IPCA defasado em três meses ou CDI em 2 dias. Além disso, cada título segue um fluxo de pagamentos de juros e esses ativos podem contar ainda com amortizações, pagamentos periódicos de parcelas do valor nominal (principal).

Então, os analistas da SmartBrain convertem todas as condições presentes no termo de securitização ou da escritura de emissão de cada título de renda fixa de crédito privado em fórmulas específicas dentro do smartBonds. A partir daí, os cálculos da precificação diária dos ativos são executados automaticamente no sistema.

O smartBonds foi desenvolvido para se adaptar a qualquer tipo de evento relacionado aos ativos. Por exemplo, há situações em que a empresa emissora do título pode, em determinadas circunstâncias e mediante comunicação antecipada, realizar amortizações extraordinárias. Esses pagamentos que não seguem a programação inicial podem ser incorporados no sistema e, assim, as trajetórias de preços dos ativos são ajustadas de forma automática.  

Como CRIs, CRAs e debêntures de infraestrutura são títulos isentos de Imposto de Renda, o sistema também calcula o Gross Up, criando um imposto “virtual” sobre o ganho de capital de cada ativo. Desse modo, o valor desse imposto virtual é somado, igualando os ativos isentos à base de comparação com ativos tributados. Por isso, o Gross Up é uma importante ferramenta, pois aumenta o poder de análise e comparação dos investimentos entre si.

Já os títulos do Tesouro podem ser acompanhados pelo cálculo de Accrual, que é a evolução gradativa da taxa que foi contratada (análise pela curva, como comumente se fala), assim como, pelo método de marcação a mercado, que representa a precificação diária dos ativos pelo mercado financeiro. Assim, quem adquire títulos públicos fora da taxa de emissão, consegue visualizar de forma automática os preços diários, mesmo nos casos de ativos que pagam cupons de juros semestrais.

Longe das planilhas

Portanto, o smartBonds facilita o controle completo dos investimentos em títulos de renda fixa com precisão de cálculos e transparência nas informações. Outra vantagem é que o sistema gera gráficos para melhor avaliação da performance dos investimentos ao longo do tempo.

De forma geral, sem um sistema como o smartBonds, os cálculos desses ativos eram feitos utilizando-se múltiplas planilhas de Excel – uma vez que cada um deles tem características específicas - um processo lento e sujeito a possíveis falhas de digitação, engano na seleção e exclusão de células, colocando em risco as análises, comparações e definições de estratégias.

Por isso, cada vez mais investidores, securitizadoras de recebíveis e agentes fiduciários têm utilizado o smartBonds. Com este sistema, os dados de uma grande quantidade de títulos de renda fixa são calculados com alto nível de acuracidade. Esta calculadora online de títulos de renda fixa facilita o dia a dia!

Continue acompanhando o blog da SmartBrain! Fique por dentro das tendências do setor de investimentos!

Similar posts

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.